terça-feira, 20 de março de 2007

Se eu fosse mariposa ...



Se eu fosse mariposa ...
E pudesse assim voar,
Levar-te-ia uma rosa,
Nem sei bem a que lugar.

Sempre voando baixinho ...
E sibilando ao teu ouvido,
Julgar-me-ias passarinho ...
E quererias ficar comigo.

Mas como eu voar não sei,
E tu de mim andas fugido,
Prometo-me que esquecerei,
Que já te chamei ... Amigo!

Surgiu num momento de ócio
Não é uma utopia desfeita.
Resulta do equinócio ...
É a Primavera à espreita!
(Adrianna)

26 comentários:

adrianna disse...

Recado sobretudo à nina Ahlka:

Nada de ler "entre linhas"
não há sinais de miragem
apenas um mero pensamento
que surgiu ao ver a imagem

Um pouco colorida é certo
mas sem qulquer intenção
que não seja ter aberto
portas à imaginação

africana disse...

Tou muito mais descansada que a causa é do equinócio,ai desculpem, da Primavera!Pensei que era mais uma crise!Vá lá que a Adry se apressou a esclarecer-nos. ahahah
aahaahaha, às vezes que já lhe demos nas orelhas por causa das suas tristezas!

Fallen Angel disse...

Se eu fosse um passarinho
que a visse numa rosa
levava-a para o meu ninho
e papava a mariposa.

;-)

adrianna disse...

eheheheheheheh eheheheheheh
Eureka!!! Descobri de que se alimenta um Anjo !!! mariposas eheheh

ops!!! ai que isso afinal era se o anjo não fosse anjo, mas sim um passarinho :-)
P.S. bem, ainda bem que estamos na hora de almoço ... se não, os meus colegas teriam acorrido, tal a enxorrada de gargalhadas que soltei ao ler o comentário do anjo eheheheheh

Fallen Angel disse...

Adrianna ;-)

Laura disse...

Que lindo o versinho do anjo..que rima e cuidadoso ele era, levava-te pró ninho e ós pois papava a ti ehhhhhhhhhhhh e ós pois mariposa pá genti? Num póide ser ó anjo, nuns póide papar mariposa adrianna com dopis n n num pode memso, a gente engraçou com ela e agora? pô mariposas tem muitas lá no quintal, busque elas moço..

Laura disse...

Ó africana, fui atrás de ti e tens tudo pa ter um blog, so falta nem sei quê....procura e pede à pascoalita que te faça assim o que falta e terás teu canto, so postas quando quiseres e ninguém te obriga..anda lá moça ..

Fallen Angel disse...

Laurinha a galinha da vizinha é sempre melhor que a minha, sua açambarcadora de mariposas! ;-)

Jotabê disse...

Para já, este cheiro a primavera, e cheiro pois ela ainda não entrou oficialmente em funções, as únicas coisas concretas que me trouxe foram, uma carrada de cagadelas de andorinha no carro, é que o sítio onde o estaciono fica em rota de colisão com os rumos dos seus voos entre a minha casa e a casa do meu vizinho da frente, e as ‘porcas’ insistem em fazer os preliminares no meu fio de telefone, para depois entusiasmadas voarem para o ninho do outro lado da estrada, de caminho, cagam-me o carro todo, e também algumas alergias nos moços.
Por outro lado a mim, de há uns dias para cá, andam-me a dar uns torcicolos, e curiosamente é nesta altura que tenho pena não ter o pescoço como o das corujas, que dão uma volta quase completa, enfim, é a primavera.

:)

BJ

adrianna disse...

nina africana ...
Bem, na verdade qdo me mudei pra este "bairro" andava msm murchita e tenho-me divertido convosco. As crises são agora mais esporádicas eheheh Os puxões de orelha só têm feito bem :)

Laura disse...

Meu querido jotinha..Afinal nem sou só eu..torcicolo, mas andei quase duas semanas mal..e a pensar que foi da má postura com a minha almofada, arre que cheguei a mudar pelas todas que fazem parte da casa, almofadas dos filhos, trocava com eles que barafustavam, mas, nem assim....As canelas também andam perras, pode ser que a nossa prima -Vera traga mais oleosidade ás nossas articulações..
Alergias tenho uma pontinha e a ver se passa..em pequena tinha sempre ..
Quanto ao carro..cagadinho das ninas senhoras da primavera...Eu quando dou pão aos pássaros e vejo os meus pópós cagadinhos digo pa eles..ó moços, então eu dou pão, e , é assim que agradecem o manjar?
Eles fazem-se de moucos e..continuam..Haja paci~encia que estás mesmo de todo..ehhhhhhhhhhhh.
Beijinho para ti moço..

Laura disse...

Eu só tava falando ó Anjo..mas tens que me ouvir, no meio de tanta miuda mariposa que tens lá em casa, é preciso vir pá casa d avizinha papar mariposas? Valha-te meu..pensa bem, eu sinto-me feliz em ter esta nina por companheira de jornada, e não é um Anjo tolo (ééééhhhh tolo é? sorry) que ma vai papar, comes tu e eu fico a chorar porque depois ela já não voa como agora e que tem graçola a toda a hora...
Papa das tuas, nem vês..nem reparas, ams que oferecidas aquelas mariposas lá da tua praça..ehhhhhhhhhhh, acredita que devem ser mais tenrinhas que a nossa.....Ora vai lá dar uma trinchinha numa e dás-me razão..
Bater de asas esmifrando ehhhhh

adrianna disse...

Anjo
Se não estou em erro as mariposas têm um tempo de vida mto curtinho. Deixa ela gozar a Privavera, tadita :-)

adrianna disse...

Laurinha
Mas a nina africana tem Blog! Até lá vejo 3 à escolha eheheh

Segundo disse aqui há tempos a pascoalita, o "empreiteiro" deixou-os prontinhos, é só meter a chave à porta e "mobilá-lo".
Também ainda disse na altura a pascoalita, ou a própria africana, esta parece que tem de ir "pregar para outras freguesias" mas ninguém melhor do que a nina africana para nos explicar.

adrianna disse...

Jotapê

Se em vez de andorinhas fossem "papagaios" dava-te uma receita infalível! Plo menos resultou com 1 certo papagaio dum tal vizinho. Era só electrificares o fio da roupa ehehehh

Caramba, mas depois dessas "largadas" todas em cima do carro, inda dizes que só foste contemplado com o cheiro? Elas que não te ouçam heheheheh

adrianna disse...

Desculpem, não sou derrotista, nem pessimista, nem agoirenta, mas todas essas mazelas (torcicolos, artrites, tendinites, pontadas, gripalhadas e outras coisas terminadas em "ites" e "alhos" costumam passar com o pó de Maio!
Mas, se nem nesta altura passarem, passam de certeza absoluta com 1 balde de cal e 3 badaladas! Com isso é tiro e queda, pdem crer eheheheheheh

Laura disse...

Adry..li-te nalgum lugar que no dia do pai etc etc e o teu partiu há 3 anos, e achas que ele nunca se apercebeu que era dia do pai..Não lhe davas um jinho por isso? Ou ?..Devo ter entendido..paciencia..jinhos..

adrianna disse...

Laurita, não te preocupes, nina ... as mariposas são tão frágeis que se não me engano qdo se deixam papar é msm no fim do ciclo de vida! Creio que não são como os outros bichinhos que se vão papando aos pouquinhos, entendes?
Ora, eu acho que a mariposa inda agora começou a esvoaçar ... inda tem uma vida pla frente. Além disso, é muito boa a fazer fintas e gosta muto destes jardins e da companhia eheheh

Jotabê disse...

Pois, o problema é que não é a corda da roupa, mas sim o fio do telefone, se o electrifico ainda corro o risco de ficar com os telefone pregados no tecto da casa, e se as chamadas já são caras imagina com uma taxa suplementar para a EDP, chiça!

:(

:)

BJ

adrianna disse...

Bem ... "fio de telefone" tb dava pra electrificar eheheheh

Queres que contrate o electricista lá da chafarica? não sei que voltagem fará "remelicar" as andorinhas, mas as tipas vão desta pra melhor e ... consoladinhas que é um regalo eheheheh

Pascoalita disse...

Ai valha-me a sta engrácia!!! Até há pouco tempo, achava-me malandreca, maliciosa, estrambelhada e nem sei que mais, mas ... xiiiiii o que para aqui vai de más intenções!!!

Anda tudo a querer fazer mal (ou será bem???) às pobres das "aves" (claro que me refiro às andorinhas ... mariposas não são aves, né?) eheheheh

Pascoalita disse...

Ah! esqueci de dizer que as quadras tão muito giras :-)
Mas a borboleta ...
puxa! É quase tão rápida como eu eheheheh onde é que ela irá assim tão apressada?

Eu cá acho que seria bom investigar ... voar assim, só com "asas" muito bem treinadas, não vos parece? Não andará a ter "treino de voo nocturno"? hummm

outra coisa ... não era a adrianna que se queixava de trabalhar muito? e as quadras surgiram assim num "momento de ócio"? Hummm aqui tem coisa ...

:) :)

Ahlka disse...

Adrianna, este poema é original teu, não preciso ler entrelinhas é transparente como àgua límpida.
Sabes que te compreendo :)*

L.S. Alves disse...

Eu não presto mesmo e sou muito pouco ecológico por sinal. Não estou a pensar em comer essa mariposa. Já que isso seria satisfazer um instinto muito baixo. Minhas aspirações estão mais altaneiras nesse período. Vou saciar-me de beleza. Capturarei a mariposa e atravessarei seu corpo com uma agulha prateada. Deitá-la-ei num quadro de veludo e meus olhos sorverão sua beleza através dos tempos.

adrianna disse...

Ahlka
Eu sei que não há "entre-linhas" eheheh
Só receei que interpretasses letrinha a letrinha e valorizasses cada milímetro (foi msm uma simples brincadeira em que obviamente não escondi o que pensei eheheh)
Sei que me entendes melhor que a maioria brigada :)
1 Beijinho

Pepe Luigi disse...

Bom! Minha grande alma de poeta me sai a Adrianna.
Gostei muito deste poema.

Um beijinho
do Pepe.