sábado, 28 de abril de 2007

"Pensamento do dia"



"Dentro de vinte anos sentir-te-ás mais desiludido pelas coisas que não fizeste do que por aquelas que fizeste. Assim, desfralda as velas ao vento. Afasta-te do porto seguro. Aproveita os ventos alísios.
Explora. Descobre. Sonha. Vive"
Mark Twain
Escritor

14 comentários:

Jotabê disse...

O Mark Twain de certeza que não era casado e com filhos, quando escreveu isso, ou então estava-se a dirigir concretamente aos pré-adolescentes, aí, com vinte anos pela frente, explorar, descobrir, sonhar e viver, é canja, totalmente de acordo.
Agora para mim, ler uma citação dessas, na minha realidade, parece-me bem mais sonho do que qualquer uma das outras, isto no contexto em que está a ser dito claro está.
De qualquer forma e para não parecer demasiado derrotista, sempre se pode encarar esse lema pelo lado da oportunidade e da intensidade com que se pratica.

:)

beijoca

adrianna disse...

Bem te entendo, Jota.

Não tinha uma motivação especial qdo publiquei este "pensamento", mas posso dizer-te que o recebi há mais de 3 anos de uma amiga e tb na altura me fez pensar muito ao ponto de o guardar até hoje!

Não deixa de ser curioso que pouco depois de me ter mandado isto, essa amiga acabaria por "abandonar o porto seguro"
Bom resto de Sábado e um excelente Domingo
1 bjito

Zeca Paleca disse...

Pois! Mas é preciso poupar uns euritos para os sonhos. Eu explico-te porquê no:

http://lusoprosecontras.blogspot.com

Laura disse...

Ehhhh poupar para os sonhos? já não se pode ter sonhos da loja dos 300?
ehhhhhhhhhhhhhhh

Laura disse...

Minha rica nina, se pudessemos desfraladar os ventos da nossa vontade dos nossos desejos sem fim nem rumo, onde estariamos agora? Tem que haver a bussola da verdade dentro da cabecinha de cada um, por isso aguentamos os ventos alisios ou elisios? ehhhhhhhh...que malucos todos nós somos..jinhos..

Pascoalita disse...

Mas este Zeca Paleca corre que se desunha ehehehehh inda há pouco o deixei no pascoalita, encontrei-o segundos depois no luso e já aqui tá??? parece que anda a vender a banha da cobra eheheheh
Hummm cá pra mim, deixou-se clonar eheheheh

Pascoalita disse...

Laurita,

"Elísia" era a tua mãe!!! eheheh Nunca esta expressão foi tão bem empregue. Só que a tia Elisa não era ... ainda é, tadita eheheheh

Tive de ir pesquisar para te responder. Espero que a adrianna não se importe eheheh

"Ventos Alísios" - são ventos que ocorrem durante todo o ano nas regiões tropicais" ora toma!!!

Laura disse...

Ora como se eu não soubesse quem são os ventos alisios ehhh, se já os conheço em pessoa ehhhhhhh. Já nãos e pode gozar para dar pretexto a uma bela treta como aconteceu da tua parte ehhhhhhh. Toma lá e meteste a dona elisa ao barulho, se ela te ouve..não há vento que te safe... Bom domingooooooooooo..

Laura disse...

Ó meu jota, o mau é que quando domos adolescentes ainda na temos o pé de meia para gastar nas explorações..e depois quando casamos e temos algum, já fica mal ir explorar ehhhhhh..mas que voltas e partidas a vida nos prega..

Laura disse...

no comentário anterior escrevi domos em vez de somos, assim façod e conta que falei com dopinha de massinha e está tudo dito..

Laura disse...

Ó nina Adry, nem sempre o nosso lar é o tal do porto seguro...Por vezes há quem se sinta mais seguro noutra barcaça qualquer, e como cada um sabe de si, por mais que nos condenem..acho que quem tem força e consciência para abandonar um porto onde já não se sente segura e desejada, é uma pessoa corajosa por se atirar ao mar sem bóia..Se todos conseguissemos enfreentar os nossos quês, quem sabe, haveria gente mais feliz e realizada...Beijinho de mim e um dia lá vou eu pó mar ehhhhhhhh

adrianna disse...

Claro, Laura.
Por vezes troca-se apenas um porto por outro com igual ou inferior grau de segurança.
Sou de opinião que se deve trabalhar no sentido de tornar o nosso porto o mais seguro de todos, de modo a que não sintamos necessidade de partir à procura de outro.
Bem sei que por vezes surgem as "marés vivas" que causam danos e há que reforçar o pontão, mas há que estar atento e se necessário, proceder aos necessários reparos.

adrianna disse...

Há quem se tenha deixado levar pelo espírito de aventura ... largando o "porto seguro" e qdo tentam voltar, encontram o porto invadido. levando o resto da vida à deriva ... ainda há piratas por aí, sabiam?

L.S. Alves disse...

De qualquer forma prefiro fazer algo do que sepois ficar me torturando com o que poderia ter sido. Twain está certo.